quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Náusea

O sujeito faz todo um trabalho de pesquisa de fontes, com certeza desconcertado de a profecia indicar provações e destruições que ele mesmo percebe na Igreja ao redor de si, mas nas quais ele não quer ainda acreditar, porque lhe disseram que a primavera conciliar é muito bonita e evidente, e compara a tradução disponível com o texto original, achando que aquela não é fiel, por causa de meras opções legítimas do tradutor, que não desvirtuam o sentido do texto original, e como o blog onde inicialmente achou a profecia é da Tradição, e ele é um católico no máximo conservador, desses que não admitem que o Papa erre de maneira nenhuma, até quando se pronuncia em entrevistas com ateístas, quando põe um nariz de palhaço, ou ocasiões parecidas, ele opta então por fazer sua “própria” tradução, botando o mesmo adjetivo para a frente do mesmo substantivo, quando aquele vinha depois, e mantendo em 99% a tradução primordial, simplesmente porque um blog da Tradição não é de maneira nenhuma confiável e não deve merecer um link em sua postagem, do contrário seus leitores poderiam ser expostos a informações inconvenientes e passar a perceber que há realmente uma crise, que ela é profunda e que eles mesmos fazem parte do problema e não, da solução.
Esse tipo de coisa me dá náusea tremenda.