quarta-feira, 12 de junho de 2013

A verdadeira caridade

Muitas vezes podemos ser “caridosos” com nosso próximo e estar encaminhando sua alma para o Inferno. A questão de saber se a caridade é um bem só pode ser resolvida se se tem em mente a verdadeira noção de caridade, que não é filantropia nem resulta do proselitismo de seitas, mas é algo que realmente aproxima outrem de Deus. Em outras palavras, é a caridade cristã, como a entende a Igreja Católica, fora da qual não há salvação. O que espíritas, mórmons e outras seitas nefastas fazem é o oposto da caridade, pois não conduzem a Deus, mas podem causar a perdição eterna da alma que, grata pelo socorro, sente-se curiosa de conhecer a doutrina dos que a ajudaram, o que, em almas mal ou não catequisadas, pode levar a uma futura filiação às ditas seitas e ao desastre espiritual. Pois só agrada a Deus quem acredita em Deus do jeito que Ele quer ser acreditado; a fé vem antes da caridade, pois só podemos amar aquele que conhecemos; e só devemos amá-lo do modo como ele quer ser amado.