quinta-feira, 30 de maio de 2013

Horrores seletivos

Muitos católicos se revoltam com o implacável rigor do sistema calvinista (segundo o qual muitos nascem já condenados e sem possibilidade de reconciliação com Deus) e não sentem o mesmo horror em relação às penas eternas do inferno, à perda eterna da alma por causa de um único pecado mortal, às crianças condenadas eternamente pela falta de batismo ao morrerem etc, de sua própria religião. O Calvinismo é apenas um grau acima no rigor da justiça de Deus em que devemos acreditar enquanto católicos.